terça-feira, 7 de junho de 2011

Pomba gira Menina

Velas Ciganas Coloridas!
A Cultura cigana e seu contraste de cores,de suprema riqueza!

DOMINGO, 22 DE MAIO DE 2011

Umbanda;Pombagira Menina do Cabaré;





Pomba-Gira Menina do cabaré é uma entidade muito simpática e apreciada nos terreiros, pois adora trabalhar quando esta na terra e suas médiuns são sempre pessoas alegres e de aparência muito jovem.



Ela trabalha para amor, união, concursos e negócios! É uma Pombagira muito vaidosa e esta sempre arranjando pretendentes para as suas médiuns.

Suas oferendas devem ser bem perfumadas, gosta de  rosas, incensos, banhos cheirosos, champanhe de boa qualidade e tecidos vermelhos... Gosta também de Brincos e pulseiras. Ela recebe suas oferendas nos cruzeiros, estradas, em noites de lua cheia, gosta de recebê-los também em uma campina debaixo de uma árvore frondosa.

Trabalha da linha de Iansã por isto quem não quer ficar solteira (o) apele para esta pomba-gira que fará seus trabalhos com muita alegria e firmeza.




Ponto Riscado de Pombagira Menina do Cabaré.

Características:
  • Arma:Uma Flecha,um tridente,uma boleadeira,uma foice.
  • Bebida:Marafo com Anis, Champanhe,sidra.
  • Cores:Vermelho,amarelo e Preto.
  • Fuma:Cigarros e Cigarrilhas.
  • Lugar:Estradas,jardins,ou outros locais onde adolescentes e jovens adultos se reúnem.
  • Mineral:Pirita.
  • Planta :Rosas Amarelas.
  • Vela :Rosa,Preta/Vermelha e Branca.

Pontos Cantados de Pombagira Menina do Cabaré:

Pombo Gira Menina,
Foi barrada no baile,
Na porta do cabaré,
Vai pra casa menina,
Aqui não entra moça,
Aqui só entra mulher,
Oh Viva as Almas!
Viva aleluia!
Pra mostrar que ela é menina,
Mas também é mulher da rua.


Mas vejam que menina,
vejam que menina bela,
A pombagira menininha,
sentadinha na janela.
Juraram de lhe matar na porta de um Cabaré,
ela passa de dia,ela passa de noite,
não mata porque não quer.

É um lere, lere
É um Lara, Lara
Ó seu rapaz bonito
o que tanto tu me olhas?
Se você não me queria,
Porque me namoras?
É um lere, lere
É um Lara, Lara “


"Pombagira Menininha,
da sandália de pau,
por onde ela passa,
faz o bem e não faz o mal” 


 “Eu tava no Ilê
eu tava curiando,
Pombagira Menininha
Aonde estás?
Eu tava no Ilê
eu tava curiando
Pombagira Menininha
É mojibá!"


Imagens retiradas da Internet.Sendo a última pertencente a comunidade Scraps Umbanda,sob produção e arte de Kari.

Nenhum comentário:

Postar um comentário